terça-feira, 30 de setembro de 2008

Mariah por mundo menos magro + Enquete


American whistle note singer Mariah Carey emprestou sua imagem para uma campanha contra a fome no mundo. Vários posters do World Hunger Relief , organização responsável pela iniciativa, estão espalhados pelas principais redes americanas de restaurantes, como KFC, Pizza Hut e Taco Bell.
"A mudança da fome para a esperança começa com você", frase de Mariah para a campanha. Quem participar com donativos receberá um download gratuito da canção "Love Story", do último disco de Mariah Carey, o matematicamente impronúnciavel "E=MC²", ou, simplesmente, "Emagrecer = Muita Corrida²".


## ENQUETE ##

Se a campanha de Mariah Carey contra a fome fosse feita no Brasil, como deveria ser o poster?
Colaboração: S@L.

Poster #1





















Poster #2




















Poster #3





















Poster #4




















-medo-





Valeska, da Gaiola das Popozudas, segue os passos de Wanessa Camargo e também faz ensaio inspirado em Madonna.
A pergunta é: inspirado em que Madonna, meldels?

segunda-feira, 29 de setembro de 2008

9 mil o que?


Se você já estava cansado de Fresno, NX Zero e desses garotinhos de franjão, muita calma nessa hora. Seus problemas não acabaram. Vão piorar, isso sim! Vem ai mais uma banda que irá invadir as rádios de todas as cidades do país: "9 mil anjos". Não, não se trata do Ministério de Louvor da Sara Nossa Terra! É a banda fundada pelos resquícios da rebelde-sem-causa Charlie Brown Jr. e do encubado-com-causa Junior Lima aka irmão da mulher Chuchu [sem gosto por natureza] Sandy. 9 mil anjos fará sua estreia no VMB 2008.
Assim nasce mais uma banda brasileira com atitude...




Falando nisso...

A premiação da MTV Brasil acontece esta quinta feira, às 22 horas. O Cretino Lima fará cobertura do evento em tempo real [que nem fizemos no VMA 2008...] Nós vemos por aqui!
Ah, aproveita e clica aqui para votar no Artista do Ano.
Nosso voto foi para Vanessa da Mata! Digna!

As comprinhas de Lindsay Lohan


Não há dúvidas de que Lindsay adore biritas (relembrem como ela fica linda bêbada) e çascoisas injetáveis (e como ela fica mais linda ainda drogada). Eu só não sabia que ela gostava de fumar cigarro normal. Pois não é que a menina foi vista esse fim de semana fazendo umas comprinhas básicas e, entre refrigerantes e salgadinhos, estavam duas caixas de 200 cigarros? Coitada, viciadinha. Será que é tudo pra ela?


Victoria Beckham inova



Victoria Beckham é transgressora mesmo, né? Vive trazendo novidades para a moda. Olha só o que ela aprontou no lançamento da nova linha de perfurme Beckhams: uma plataforma sem salto. Lusho, poder. Já vejo travestis do mundo inteiro usando...




## UPDATE ##
Enquanto Victoria fica cada vez mais rica e cada vez mais bem comida [ou não], as outras amigas vivem momento de desespero:


Geri Halliwell se veste de paquita e lança livro infantil...


...Melanie B abre brechó para vender os trapos que por muito tempo chamou de roupa.

Perfeito para ir à feira....

Alicia Keys que é a Elza!



Vocês se lembram que postamos que Beyoncé havia dado a Elza em Amy Winehouse?
No final das contas, quem levou a música do 007 foi Alicia Keys. E o pior: Jack White, do the White Stripes, ainda foi cumplice.
Na boa, tenho certeza de que nem a bunduda nem a espantalho drogada conseguiriam fazer uma música tão legal quanto "Another way to die", de Keys feat. White.
Plac plac plac pr'eles!



*** 2 luxos e 1 lixo ***
Aproveitando esse clima de James Bond, que tal lembrarmos dois grandes sucessos e uma porcaria das trilha do 007?

Lusho: Sheryl Crow - Tomorrow Never Dies



Lusho: Garbage - The World Is Not Enough




Lisho: Madonna - Die Another Day (blargh!)


terça-feira, 23 de setembro de 2008

Dicionário Ilustrado Pós-moderno

Palavra do dia: natural.
na.tu.ral
adj m+f (lat naturale) 1 Que pertence ou se refere à natureza. 2 Produzido pela natureza, ou de acordo com suas leis. 3 Que segue a ordem regular das coisas. 4 Não contrafeito, não estudado; desafetado. 5 Espontâneo.
Exemplo: "O estilo de Christian Pior se baseia no natural".



Se você não é facilmente ofendido, clique aqui e desfrute os prazeres da natureza humana. Ou não...

segunda-feira, 22 de setembro de 2008

De quem é...?

Responda rápido: de quem é essa pelanca?







Siiiim. É da Jennifer Lopez. Deus, meu Pai, o que fizeste com a minha J.Lo? Ela é uma cantora que não sabe cantar, é uma atriz que não sabe interpretar. O único talento que ela tinha era fazer os outros sentir inveja do corpo que tem. Aliás, que tinha. Porque pelanca assim nem eu tenho. Jennifer Lopez que tem inveja de meu corpo agora. Ha-zei!

Enfim...a gente postando aqui sobre ela e ela nem ai pra gente.

Fim de semana Spears


Enquanto você passou o fim de semana morgando em casa, vendo Faustão, lendo sobre o casamento de Sandy, Britney Spears estava se divertindo em um haras com toda a família.
Calma, a mãe dela não é a da foto. Nem o pai. Quem são eles? Sei lá, devem ser algum fã de terceira idade. O pai dela é esse aqui. A mãe dela devia tá mijando na hora que o paparazzo foi tirar as fotos...

Comentário

Como a nossa miss American Trouble tá magra né? Será que foi Herbal Life? Enfim, ela pouco lembra aquela coisa redonda do VMA.

Da série "Programas que veremos por ai"




Colaboração: Kako.

sexta-feira, 19 de setembro de 2008

WC é Madonna








Wanessa Camargo faz ensaio inspirado em Madonna para o lançamento de uma linha de celulares com conteúdo especial - algumas músicas de "Hard Candy", último disco da estrela pop, estarão disponíveis no próprio celular.
Se alguém encontrar alguma semelhança entre a mulher da foto acima e Madonna, por favor, me mande um email. Aceito explicações em formato flash e powerpoint.

quinta-feira, 18 de setembro de 2008

Amy na RS Brazuca



A nossa miss British trouble será capa da próxima edição da revista Rolling Stone Brasil.
Ela tá tão bonita...nem parece aquele trambolho que estamos acostumados a ver

Extreme makeover

O antes
George Michael - Faith




O depois
Estelle - No substitute love

sexta-feira, 12 de setembro de 2008

EXCLUSIVO: primeira foto do casamento de Sandy

A Policial



Não, não é a filha de George Michael com Kate Mahoney. É a Beyoncé no set de gravação de seu próximo vídeo, "If I Were a Boy."
Babado!

Preview: novo disco de Kelly Key


Como informado posts atrás, o expoente-mor da música pop brasileira, Kelly Key, irá lançar um disco com a regravação de "Sometimes", de Britney Spears.
Fomos atrás de mais informações e descobrimos que há uma prévia das músicas no site da Som Livre. Ao que parece, "Touch my body" não é a da Mariah Carey. Que pena, né?
Clique aqui e se arrependerás para sempre!

Priscila Fantin: Frente e verso




















Frente






















Verso

Prenúncios do apocalipse



Enfim vão comer a Sandy....



UPDATE
Wanessa Camargo nem foi convidada pra festa.
Absurdo!

terça-feira, 9 de setembro de 2008

o Cretino entrevista Rodrigo Faour

Autor de "História Sexual da MPB" e de "Cauby Peixoto: 50 anos da voz e do mito", Rodrigo Faour sempre viu na música objeto de admiração e de pesquisa.
Ele é o responsável por importantes projetos musicais, como o resgate de raridades de Elis Regina e de Zizzi Possi com a criação da série "Pérolas Raras", pela Universal Music; e a edição de mais de 50 títulos para a série "Maxximium". Não poderia ser diferente: Faour possui um arquivo pessoal com cerca de 70 mil músicas catalogadas e um vasto clipping de matérias impressas coletadas desde a adolescência.
Atualmente, Rodrigo Faour comanda o programa "Sexo MPB", de segunda à sexta (meia-noite) e aos sábados (às 22 horas), na MPB FM do Rio de Janeiro e também disponível no site da emissora.
O jornalista, muito gentilmente, aceitou responder algumas perguntinhas do Cretino.









:: Algumas gravadoras nacionais vêm tentando reanimar o mercado fonográfico com a criação do MusicPac e do CDZero - versões do disco original com capa de papelão e sem encarte. O que você acha desses produtos?
São paliativos para enfrentar a crise, pois nunca se vendeu tão pouco disco na história. Isto é transitório. A verdade é que não sabemos aonde o mercado de música vai chegar. A gravadora Trama agora está querendo disponibilizar discos novos de graça, com o patrocínio da iniciativa privada... Enfim, todas as tentativas são válidas, mas é ingenuidade achar que todos os artistas - especialmente os novos - vão ter patrocínios para gravar seus discos, algo que por menos que se gaste, para se ter boa qualidade, ainda é um investimento caro.



:: De alguns anos pra cá, surgiram várias parcerias entre cantores: os Tribalistas, Zeca Baleiro e Wagner, Ana Carolina e Seu Jorge e, mais recentemente, Simone e Zélia Duncan. Como você vê duetos desse tipo?
Antes disso, ainda teve o Grande Encontro (Elba e Zé Ramalho, Alceu Valença e Geraldo Azevedo), Gal e Caetano ("Tieta") e ainda Fagner e Zeca Baleiro, fora a série do "Casa de Samba", "Casa da Bossa", "Casa do Forró", etc. Recentemente está rolando Bethânia e Omara também. Eu acho que a união faz a força e é sempre interessante esse tipo de encontro, alguns fazem com mais originalidade que outros, mas eu acho bacana.

:: Tati Quebra Barraco e Bonde do Rolê não possuem apenas o funk em comum: as letras inusitadas e a linguagem coloquial aparecem com freqüência nas músicas dos dois, como, por exemplo, em"Fogão Dako" ("Dako é bom, dako é bom...") e "Solta o frango" ("A gente somos lindo, a gente somos inteligente, antes de dá o edi, eu jurava que era crente"). O primeiro disco do Bonde do Rolê, apesar de nem ter sido lançado no Brasil, recebeu elogios da revista Rolling Stone Brasil. Por que você acha que bandas como Bonde do Rolê conseguem mais prestígio do que cantores de funk do Rio de Janeiro?
Elementar, meu caro Watson. Moderninhos da classe média paulista (e carioca) são mais palatáveis ao grande mercado que sujeitos às vezes meio broncos e com as carinhas nem sempre bonitas oriundos da periferia. Pessoalmente, acho o funk original das favelas muito interessante, mas a imitação do mesmo - especialmente das letras - feita por mauricinhos considero intragável. Como lá fora ninguém entende as letras em português, talvez os jornalistas (e o povo em geral) não saibam diferir uma letra cantada por funkeiro e outra por mauricinho, ficando mais ligados no ritmo - que é, de fato, muito impactante e hoje já é diferente até do Miami Bass, que é de onde o funk carioca surgiu. Se a pessoa fala o português errado porque não sabe é uma coisa, mas sabendo, fica artificial, constrangedor. Os funkeiros originais também são mais divertidos quando empregam os palavrões.



:: O roteiro do DVD de Elza Soares, "Beba-me", leva sua assinatura. Qual foi o critério para selecionar pouco mais de 20 canções em meio a dezenas de discos que ela já gravou?
O empresário da Elza me procurou. Ele queria que a Elza voltasse ao samba - opinião que ele sabia que era minha também -, depois de um trabalho mais pro eletrônico, pois muita gente da nova geração desconhecia seu maravilhoso repertório original. Fiz uma seleção de 55 músicas gravadas por ela e fui à sua casa para lhe entregar. Aí ela mesma escolheu o que ela quis e acrescentou o "Rap da Felicidade". Mas infelizmente não tive parte na produção do show/dvd.



:: Nos últimos anos, o Brasil foi invadido por várias bandas "com atitude", como Pitty e NX Zero. Como você vê o cenário musical brasileiro atual?
Muita imitação de tudo que já foi feito (melhor) no Brasil e no mundo. São poucos os artistas ousados ou que conseguem ao menos atingir o mesmo nível de seus antecessores das gerações dos anos 30, 40, 50, 60, 70 e 80. Muito pouca coisa me chama a atenção hoje em dia. E muito poucos discos eu consigo passar da terceira faixa. Recentemente gostei de discos da baiana Márcia Castro e do paulista Paulo Padilha, mas são honrosas exceções.





Pitty: o símbolo de "atitude" para os jovens anos 2000



:: O que lhe motivou escrever a "História sexual da MPB"?

A minha amizade com a sexóloga Regina Navarro Lins, que me havia convidado para escrever uma coluna comparando visões de amor e sexo em várias épocas na MPB numa revista que ela tentou implementar em 2003. Como a revista não deu certo, resolvi levar a idéia adiante e também fazer um trabalho ligando música popular brasileira e comportamento, que é algo que sempre me chamou a atenção, e de alguma forma sempre abordei em meus livros anteriores - a biografia de Cauby ("Bastidores") e o "Revista do Rádio", e nos encartes de CDs que escrevi. Sempre achei que a MPB nos últimos anos tem uma aura injusta de caretice à sua volta na mídia, e ela não é nada careta. Quis mostrar que além da música e além dos compositores e intérpretes que sempre se faz jus, há outros igualmente importantes que nunca são lembrados, justamente por sua importância no viés da música & comportamento.


Joelma e Chimbinha: Carla Perez e Cumpare Washington?


:: Primeiro veio o Tchan. Depois dançaram na boca da garrafa. Agora fazem o créu. Por que desde os anos 90 músicas que falam de sexo ficaram tão escandaradas?
Porque a música popular é reflexo da sociedade. Antes havia a censura oficial e a auto-censura. Até os anos 70 a mulher casava virgem e era muito esculachada em nossas letras. Os gays e lésbicas também eram ridicularizados nas poucas letras em que a censura ainda deixava passar abordando o tema. Com relação às canções sexuais escancaradas, até os anos 60 só no carnaval e no teatro de revista que se podia insinuar temas mais safadinhos. Então, é natural que com o passar dos anos se fale de sexo de maneira mais escrachada também em músicas de meio de ano.

:: Apesar de muitos torcerem o nariz, "É o Tchan" foi o maior fenômeno de popularidade da última década. Hoje, dizem ser a banda "Calypso". A que você deve tamanha aceitação?
O popularesco sempre tem seu apelo. A música repetitiva, sem muita firula, tem endereço certo, pega as pessoas sem muita instrução e/ou intelectualidade com mais rapidez. Mas da mesma forma que vêm elas vão, pois novos bregas aparecem. Difícil é esse tipo de música sobreviver aos modismos. No caso, prefiro É o Tchan, pois pelo menos o ritmo de seus sambas era muito bom.

:: Você organizou uma compilação de canções de grandes artistas como Elis Regina e Zizi Possi para a coleção "Pérolas raras". Como nasceu este projeto? Elas vieram de seu acervo pessoal? Como você seleciona o que é "raridade" e o que não o é? Que outros artistas você considera ter preciosidades perdidas?
No caso do "Pérolas Raras" o critério eram canções fora dos Lps/Cds de carreira dos cantores, de preferência raros no formato CD. Sim, eu tenho uma coleção de raridades desses artistas. Infelizmente a série não foi muito mais adiante por causa da crise nas gravadoras. Quase todos os artistas têm raridades, o difícil é conseguir lançá-las, pois sem sucessos o CD acaba sendo para um público mais restrito - que hoje em dia já é restrito por si, por conta do caos no mercado do disco.

:: Maria Bethania, Gal Costa e Caetano Veloso foram a voz de uma época, em se falando de técnica, de criação artística e de participação política. Para você, quem são as vozes dessa nossa época?
Hoje em dia não existe uma voz tão forte. Existem fenômenos de vendagem e de popularidade. Eventualmente surge um protestozinho aqui e ali, um CD bacaninha aqui e ali, uma ou outra ousadia de algum artista, mas nada com o peso da geração anos 60/70.

segunda-feira, 8 de setembro de 2008

-medo-




Kelly Chaves Key entrou em estúdio para gravar mais duas preciosidades do cancioneiro mundial. A funkeira pretende lançar versão em português para duas músicas de Britney Spears: "Sometimes" e "Touch of my hand". Além das músicas de Britney, Kelly Key também fez versão de "Touch my body", de Mariah Carey e de "Stricly Physical", do grupo Monrose.
O disco será lançado dia 15 e o making of do ensaio foi registrado pelo Ego.

*** UPDATE ***
A versão de "Sometimes" se chamará "Indecisão" e já foi gravada por Manoela Orsi (who?).
Se você quiser continuar com os ouvidos saudáveis, não clique aqui.

domingo, 7 de setembro de 2008

Vma 2008 - blogando em tempo real


22:10 Quem tá apresentando é Russel Brand, ator britanico (esse ai que tá na foto com Xtina Aguilera). A abertura foi de Rihanna. Deu problema na transmissão e eu perdi tudo. Enfim...deve ter sido brega.

22:16 Saiu o prêmio de melhor video feminino. Britney Spears, minha gente. To emocionado!


22:27 Gente, Demmi Moore apresentando prêmio de melhor artista masculino é um lu-sho. Ashton Kutcher, um sortudo. Ou seria Demi? Whatever, o prêmio foi pro chato Chris Brown.

22:32 Performance. Que diabos é esse tal de Jonas Brothers? Uma versão morena dos Hanson? Ai...deixa eu aproveitar pra mijar. Volto já.


22:34 Perai, alguém sabe me dizer que é essa cantora que tá (des)animando a festa? Ela tava cantando "Like a vigin" agorinha...credo. Uma saudade do Maroon5, que embalou o VMA ano passado. A MTV deve tá sem dinheiro mermo...aluguou um espaço pequeninho pro evento e contratou uma cantora de bar. -medo-


22:40 É Kate Pery. Gente, irreconhecível.




22:41 Agora quem tá segurando o microfone é o Michel Phelps...ele pode até ser bonito, mas é expressivo....apresentou Leona Lewis com Carlinhos Brown T-Pain. Esculhambaram "Don't let
me be misunderstood".



22:48 Lindsay Lohan e Ciara entraram para apresentar melhor prêmio de dança em vídeoclipe. Quem levou foi Pussycat dolls por "When I grow up". Vem cá, se isso aqui é dança, o Tchan virou ballet clássico.

23:03 Disseram que P!nk é a próxima a entrar no palco. Deixa eu ir ali lavar meu rosto...ó premiação chata, gente. Quem assistiu essa apresentação do Paramore? Eu dormi...


23:10 Miley Cirus cantando "Living on a prayer" de Bon Jovi...-medo-



23:14 Pink subiu no palco para cantar a chata "So what?" Cadê Britney, meu povo?


23:23 Contraste barroco: Ashlee Simpson e o marido falando sobre as votações...



...Slipknot subindo no palco para anunciar o melhor video de hiphop. Doidiça!




22:30 PÁRA TUDO. O que fizeram com Rihanna?


Transformaram a mulher no Chimbinha! MEU DEUS!


Além disso tudo, ela fez um dueto com T.I cantando...pára...eu to desesperado...RIHANNA CANTOU FESTA NO APÊ EM INGLÊS. Pera...to indo pegar água com açucar. O mal se espalhou por todo mundo...fechem suas casas!


22:40 Christina Aguilera...ai, meu Deus...transforma Aguilera também! Quer Cher o quê? A nova mulher gato vai ser Aguilera!



Ela cantou uma versão xoxa de "Genie in a bottle" e depois "Keeps getting better". Aguilera tá loirona, toda gostona...tá a cara de Britney-toxic. Até o playback ela fez. Será que ela vai raspar a cabeça também? Esse VMA tá me deixando tão inseguro.

23:50 Britney Spears recebeu das mãos de Paris Hilton o prêmio de Melhor video Pop, por "Piece of me". Nossa...das mãos de Paris Hilton, o maior nome da indústria do entretenimento. *ponto de ironia*


00:03 Kid Rock canta "Sweet Home Alabama". Não tô entendendo o conceito da premiação desse ano...


00:12 Britney levou outro prêmio. Desta vez, o de Melhor Video do Ano. "Quero agradecer aos meus fãs". De novo? Hunf.


00:17 Perdi a performance de encerramento. Mas acho que não perdi nada. Putz, que Video Music Awards xoxo...tô com sono...e nem tomei Prozac hoje.


UPDATE
Recebi algumas mensagens de algumas pessoas que não viram a premiação e duvidavam que Rihanna tinha cantado "Festa no apê" em inglês.
Nesse site aqui tem alguns videos. Manto de Nossa Senhora proteja todos.